Devocional

Eu ando com pecadores

Eu não me envergonho em andar com pecadores. Não me recuso em caminhar com eles, não atravesso a rua quando os avisto. Eu não finjo que não os conheço. Sabe por quê? Porque eu também sou pecadora. Mas meus pecados nem sempre todo mundo vê.

É muito fácil apontar, acusar e rejeitar. Mas pena que esse não é nosso papel. O cetro de justiça não está em nossas mãos, o Espírito que convence não é o nosso espírito. A nossa natureza é falha, a nossa natureza precisa de remição. A NOSSA. Assim, no plural, sem exclusão. Não há homem e nem mulher sem máculas. O mal que não queremos fazer, este fazemos (disse Paulo), e novamente digo: isso se aplica para todos. Nós não somos super-heróis, não somos perfeitos! E precisamos ser pobres de espírito, humildes (Mateus 5), rendidos ao único nome que tem o poder para perdoar: Jesus. E esse cara, que sim, é homem e é perfeito… nem ele teve vergonha em andar com pecadores.

Então não existe razão para nós continuarmos nessa cultura de exclusão! Não há motivos para que insistamos em nos separarmos em uma bolha social! Precisamos acolher, hospedar, amar, suportar e ensinar UNS AOS OUTROS. E isso eu chamo de comunhão. Isso é família. Isso é o Reino que tanto clamamos.

Eu escolho propagar uma cultura que reflete o céu. Que cura os que estão doentes, que acolhe os que estão rejeitados, que ama os que estão amedrontados. Eu escolho propagar a Verdade, a Vida, a Liberdade! Nem que pra isso eu suje minhas mãos, manche minhas roupas, me faça suar e cansar! Eu faço isso porque um dia Alguém o fez por mim. Eu amo porque um dia Alguém me amou primeiro. E porque um dia Alguém não teve vergonha em andar com essa pecadora aqui, hoje também não me envergonho em andar com pecadores.

 

Um beijo e um queijo,

Camile

 

 

You Might Also Like...

3 Comments

  • Reply
    Jenifer
    agosto 2, 2017 at 12:35 pm

    Belíssimo Texto!
    Expressão da verdade. Passamos muito tempo escondendo nossos pecados e julgando os outros por seus pecados aparentes. Nos achamos limpos, salvos, santos… quando na verdade somos iguais a todos: Pecadores!
    Deus te abençoe.

  • Reply
    Antonio
    agosto 2, 2017 at 4:05 pm

    Muito bom e grande verdade.

  • Reply
    Letícia Krahenbuhl
    agosto 10, 2017 at 9:34 pm

    Tão bom sentir que o Papai cuida de nós com simples atitudes e palavras. Eu realmente estava precisando disso. Não dá para ansiarmos a volta ao Lar sem pararmos e amarmos ao próximo. Temos mesmo que fazer daqui um Céu para que almas possam ser resgatadas.
    Obrigada por deixar Jesusinho te usar. <3 <3

    leticiaeostreze.blogspot.com.br

  • Leave a Reply